Cuidados Com o Bebê no Inverno | Dicas Essenciais

É essencial adotar certos cuidados com o bebê no inverno, de modo a deixá-lo sempre protegido

Mesmo os papais e as mamães de primeira viagem sabem que é preciso ter muitos cuidados com o bebê no inverno.

Afinal de contas, a temperatura cai e as crianças são mais sensíveis a mudanças no clima, além de terem menos anticorpos.

Isso faz com que estejam mais vulneráveis a doenças leves, além de efeitos negativos no corpo.

Uma estatística horrível mostra que o número de bebês e crianças que morreram de gripe no Brasil triplicou nos últimos anos.

É por isso que é essencial adotar certos cuidados com o bebê no inverno, de modo a deixá-lo sempre protegido, seguro e quentinho para não ter problemas desse tipo.

Afinal, a segurança e saúde da criança vem em primeiro lugar, sempre!

Quer conhecer os principais cuidados com o bebê no inverno?

Então siga a leitura do artigo abaixo!

Cuidados Com o Bebê no Inverno
Cuidados Com o Bebê no Inverno

Cuidados Com o Bebê no Inverno

Tenha cuidado redobrado quando sair para a rua

Os bebês ainda estão formando seus anticorpos, e muitas vezes contam com o leite materno para defendê-los das doenças comuns do dia a dia.

No inverno, os corpos estão mais propensos a ficar doentes, e isso pode acarretar uma transmissão, para a criança, de vírus ou bactéria, que o corpo adulto teria facilidade em lidar.

Para proteger os bebês das doenças de inverno, tenha cuidados redobrados na higiene quando estiver fora de casa, ou quando trouxer visitas para dentro de casa.

Use máscara na rua, evite tocar em objetos como corrimão e portas, e quando o fizer, passe álcool em gel 70 nas mãos para sanitizar.

Quando chegar em casa, tire os sapatos e a roupa na entrada da casa e leve para a lavanderia ou cesto de lixo.

Se possível, tome um banho para garantir que o corpo estará livre das impurezas.

Caso leve seu bebê para a rua, evite que ele tenha contato com estranhos ou com objetos que possa levar à boca.

Vista o bebê adequadamente

Quando se depara com a fragilidade de um bebê, o instinto é de protegê-lo imediatamente.

Isso pode acarretar a um excesso de roupas quentes e pesadas, que farão mais mal do que bem a ele.

Para vesti-lo corretamente, é necessário trabalhar as roupas de bebê em camadas: primeiro se coloca um body, de manga comprida, para dias muito frios.

Depois segue com um mijãozinho ou uma blusinha e calça, dependendo da idade.

Por último, luvas, meias, touca e casaco.

Assim, caso ele sinta calor devido à uma mudança de temperatura, não será necessário despi-lo por completo, o que poderia causar um resfriado pela rápida mudança de temperatura.

Não se esqueça das extremidades: as luvas, meias e touca protegem as partes do bebê que são mais sensíveis ao frio.

Atualize a farmacinha do bebê

A farmacinha montada assim que o bebê nasce necessitará de uma atualização em épocas de frio.

Tenha nela itens de preparo para resfriado, como:

  • sugador nasal, para descongestionar o nariz entupido;
  • pomadas para assadura e hidratantes, uma vez que, quanto mais roupas, maior a chance de assar as dobrinhas do corpo;
  • termômetro, item essencial para verificar a temperatura;
  • lenço para o nariz, de textura suave, para cuidar do escorrimento

Converse com seu pediatra de confiança sobre medicamentos reguladores de febre permitidos para o bebê, assim você já tem o remédio à mão caso seja necessário.

Nunca medique seu bebê sem consultar um especialista pois isso pode acarretar em consequências graves.

Deixe a casa arejada

Ninguém gosta de ficar com a janela aberta no inverno. Afinal, bate aquele vento frio cortante e a sensação é muito desagradável.

No entanto, é essencial arejar um pouco a casa para poder remover gotículas no ar que ficam com vírus e bactérias.

Essa é, aliás, uma das recomendações para derrotar o novo coronavírus e prevenir a Covid-19.

Por isso, é importante criar uma corrente de ar dentro de casa para limpar o ambiente e torná-lo mais seguro para o bebê.

É claro que o vento frio faz mal, então deixe para fazer isso quando tirar a criança do cômodo.

Por exemplo, se você for dar um banho quente nele, feche a porta do banheiro e crie uma corrente de ar no restante da casa.

Antes de tirá-lo da água, feche as janelas para ele não pegar friagem.

Tenha atenção com a alimentação do bebê

No começo, as crianças só tomam leite materno, que é a principal fonte de nutrientes e anticorpos.

No máximo, somam o leite com uma fórmula recomendada pelos médicos.

No entanto, com o tempo, elas já podem começar a comer papinhas e inserir outros tipos de alimentos.

Nesse sentido, é essencial que você estimule a criança a se alimentar bem, com nutrientes que vão fortalecer seu sistema imunológico, especialmente no inverno.

Portanto, insira vegetais recomendados pelos médicos, bem como legumes e frutas que poderão proteger seu filho de qualquer doença que venha.

E aí, gostou dos nossos cuidados com o bebê no inverno?

Qual deles você já sabia que deveria tomar e qual foi uma surpresa?

Comente a seguir!

Sobre o Autor

Elivia Teles
Elivia Teles

Elivia Teles, Fisioterapeuta Obstétrica e Facilitadora em Aleitamento Materno. Atendendo gestantes e puérperas em Picos PI. Crefito: 227759-F

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − catorze =